carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

28 de julho de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMUSA

Semusa realiza pit-stop para reforçar ações da campanha Julho Amarelo

Motoristas foram orientados sobre os cuidados contra as hepatites virais

Nesta quinta-feira (28), foi realizado um pit-stop, organizado pela Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), para reforçar as ações da campanha Julho Amarelo, mês de conscientização das hepatites virais. A atividade aconteceu no cruzamento entre a avenida Marechal Rondon e a rua dos Mineiros, no bairro 2 de Abril.

Motoristas, motociclistas e pedestres, que passaram pelo local, receberam preservativos e panfletos educativos para orientar sobre os cuidados, prevenção e diagnóstico precoce das hepatites B e C. A ação foi realizada em parceria entre o Departamento de Educação Permanente (DEP), Divisão de Vigilância Epidemiológica e Serviço de Assistência Especializada em Infecções Sexualmente Transmissíveis (SAE-IST).

“É uma ação educativa, que destacou a importância do diagnóstico precoce, que é muito importante para o controle e tratamento da doença. As hepatites virais também podem ser evitadas com medidas de prevenção, como a vacina para alguns tipos de vírus, o uso de preservativos e o não compartilhamento de objetos perfurocortantes”, alertou Débora Alencar Lucas Sampaio, diretora do DEP da Semusa.

A hepatite é uma inflamação no fígado, que pode ser provocada por vírus ou uso excessivo de alguns medicamentos, álcool ou outras drogas, assim como por doenças autoimunes, metabólicas ou genéticas.

Nem sempre a hepatite apresenta sintomas, mas quando presentes, se manifestam na forma de cansaço, febre, mal-estar, tontura, enjoo, vômitos, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.

A campanha Julho Amarelo é voltada para a conscientização das hepatites virais, inflamações causadas por vírus classificados pelas letras A, B, C, D (Delta) e E. Sendo que as hepatites B e C são consideradas infecções sexualmente transmissíveis (ISTs). Por isso, a Semusa incentiva a testagem rápida e a distribuição de preservativos. A hepatite D também pode ser contraída sexualmente, porém é considerada uma mutação do vírus, já que a doença só ocorre se a pessoa já tiver a hepatite B.

“A campanha Julho Amarelo tem o objetivo de realizar o rastreio de casos de hepatites B e C, por meio dos testes rápidos, ampliando também a prevenção e o diagnóstico precoce dos casos”, explicou Marcia Gisele Peixoto, enfermeira da Divisão de Vigilância Epidemiológica da Semusa.

O resultado da testagem rápida fica pronto em poucos minutos e o tratamento para hepatites virais e outras ISTs são oferecidos gratuitamente pela Prefeitura de Ji-Paraná, no SAE-IST, localizado na rua Porto Velho, bairro Dom Bosco (1º distrito), em frente à Escola Estadual Professor José Francisco, próximo ao Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz.