carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

20 de outubro de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE PARCEIROS SEMUSA

Semusa promove vacinação em escolas de educação infantil

Nesta semana, ação está sendo realizada no Cantinho do Céu

Alunos da educação infantil da Rede Municipal de Ensino, creches conveniadas e de escolas particulares estão recebendo a atualização da caderneta vacinal. A ação é realizada pela Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Divisão de Imunização e do Departamento de Atenção Básica (DAB) da Secretaria Municipal (Semusa). Nesta semana, ela acontece no Centro de Educação Infantil Cantinho do Céu, nesta quinta (20) e sexta-feira (21).

A pedido do Ministério Público de Rondônia (MP-RO), a Semusa realizou uma pesquisa, em escolas municipais e creches conveniadas, para avaliar a situação vacinal de crianças a fim de encontrar aquelas que estiverem em atraso.

“A direção de cada escola recolheu os cartões de vacina e enviou para a Divisão de Imunização. A partir daí, definimos o cronograma, de acordo com aquelas unidades que apresentaram mais de dez crianças com vacinas atrasadas”, explicou a Cristiane Della Libera, enfermeira responsável-técnica da divisão.

No 2º distrito, a ação já foi realizada no CMEI Olívia Heiderich de Brito, na quarta-feira (20), e além do Cantinho do Céu, a atividade ainda acontece nas escolas Pedro Gonçalves, Colégio Educar, Mário Andreazza, Nelson Dias, Primavera e Nosso Lar. As escolas particulares também receberão a visita do MP-RO.

O DAB ficou responsável pela imunização nas unidades do 1º distrito, que será realizada na Creche Grilo Falante e nas escolas Zilda Arns, Marcelino Galegário, Miriam Trajano, e Irineu Dresch, além de outros locais, onde ainda será realizada a conferência dos cartões de vacina.

“O cronograma foi pensado para atender as crianças, especialmente, com idade entre 0 e 4 anos, que estão com a situação vacinal em atraso. Para evitar que doenças que estão controladas, há muitos anos, acabem retornando a circular na nossa cidade”, detalhou Marlene Alencar, diretora da Estratégia de Saúde da Família (ESF) do DAB.

FOTOS: Andre Negrete