carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

8 de julho de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE PARCEIROS SEMICTUR

Semictur incentiva turismo em terras indígenas

Povo Gavião recepcionou agentes do Sebrae, Senac, Sesc e Fecomércio

 

A Prefeitura de Ji-Paraná, com ações da Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Turismo (Semictur), vai incentivar o turismo na Terra Indígena Igarapé Lourdes, onde vivem os povos Arara e Gavião, promovendo a identidade cultural, preservação do meio ambiente e gerar renda.

Nesta semana, técnicos do Sebrae, Senac, Sesc, Fecomércio e da Secretaria de Estado do Turismo (Setur) visitaram pontos históricos e de lazer do município para a criação de uma rota turística. “Eles vão nos assessorar para a criarmos a ‘Rota Rondon’, que vai estender também para as cidades de Presidente Médici e Ouro Preto”, afirmou Volnei Inocêncio, secretário da Semictur.

O Conselho Empresarial de Turismo de Rondônia (Conetur) vem realizando estudos para elaborar novos roteiros turísticos na região central de Rondônia. O Sistema Fecomércio, que está à frente do Conetur, trouxe o especialista em criação de roteiros turísticos Luís Guimarães, da Confederação Nacional do Comércio (CNC), para as visitas.

Foram visitados o Teatro Dominguinhos, Museu das Comunicações Marechal Rondon, Casa do Papai Noel, Casa do Artesão, Parque Ecológico Municipal e a Terra Indígena Igarapé Lourdes e realizado passeio em caiaques no rio Machado. “O que mais chamou a atenção foi o contato com a cultura do povo Gavião”, lembrou Inocêncio.

Segundo ele, o turismo indígena é praticamente “inexistente”, dentro e fora dos limites da área de reserva. “O potencial que pode ser explorado é imenso. Fizemos uma imersão na tradição e cultura do povo Gavião que foi transformadora pela música, dança, artesanato, e comida”, revelou.

De acordo com o líder indígena, Josias Gavião, a recepção aos técnicos (com dança e comidas típicas) foi uma amostra do que poderá ser oferecido ao turista local, regional ou estrangeiro. “Apresentamos um pouco de nossa cultura e história para que as pessoas da cidade possam conhecer nossas raízes”, comentou.

“Eu fiquei encantada com tudo que vivi e senti na minha primeira visita à Terra Indígena Igarapé Lourdes, especialmente, a cultura do povo Gavião. Ela preserva o meio ambiente e a história de Ji-Paraná”, afirma a secretária-executiva do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), Rosineide Marcolino.

O secretário da Semictur informou que foi oferecido pela Fecomércio a criação de um vídeo promocional com os principais pontos turísticos da cidade, treinamento para empresários do ramo de hotelaria e hospedagem, curso de inglês para (representantes) indígenas e de guia turístico local.

“Em outra iniciativa, também estamos promovendo cursos para habilitação de aquaviários para que os nossos condutores de embarcações sejam formalizados pela Capitania Fluvial de Porto Velho e possam oferecer um passeio seguro nas águas dos rios Machado e Urupá”, lembrou.