carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

9 de maio de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMASF

Semasf realiza capacitação de entidades pelo SUAS

Objetivo é incluir a participação da sociedade civil na política social

O Sistema Único de Assistência Social (SUAS) realizou, em parceria com a Prefeitura de Ji-Paraná, capacitação para entidades privadas, municipais e sociedade civil, no auditório da Secretaria Municipal de Assistência Social e família (Semasf), O evento ocorreu, na quinta-feira (5), com objetivo de contextualizar a importância da política assistencial.

A política de assistência social é um dever do Estado e um direito de todo cidadão em situação de vulnerabilidade e risco, que engloba ainda a saúde e a previdência social. Ela conta com uma extensa rede de unidades governamentais e não-governamentais.

O SUAS foi implantado em 2005. Ele é um sistema nacional caracterizado por gerenciamento das ações sociais compartilhadas por meio dos municípios, Distrito Federal, estados e União.

Em Ji-Paraná, várias políticas sociais são adotadas para atender famílias, crianças, jovens, mulheres, idosos e pessoas com deficiência. A Semasf conta com mais de 40 serviços assistenciais, realizados pelas unidades do Cras, Creas, Centro de Convivência do Idoso Centro Municipal de Atendimento Educacional Especializado para Autismo (CMAEE) e entidades parceiras como a Apae.

Segundo a secretária da Semasf, Ana Maria Vizeli, a capacitação ocorreu após uma visita ao Ministério da Cidadania em Brasília, para ajudar a entender, buscar recursos e parceria da sociedade civil.

“Estamos buscando conhecimento para inserir parceiros da forma correta e também para que entendamos como requerer recursos para nossas ações. Precisamos trabalhar em parceria para avançar com nossa política social e atender de forma eficaz e efetiva nas ações”, ressaltou.

O encontro reuniu 37 representantes de entidades do município e abordou a importância das Organizações da Sociedade Civil (OSCs) na política nacional de assistência social com parâmetros e níveis de reconhecimento do SUAS, a Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social (CEBAS) e o reconhecimento dessas entidades no sistema.

Os gestores do encontro foram a analista de Políticas Sociais da Coordenação-geral de Acompanhamento da Rede Socioassistencial, Flavia Azevedo, a chefe de gabinete do Departamento da Rede Socioassistencial Privada (DRSP), Sérgio Ricardo Ischiara, e a coordenadora geral de Acompanhamento da Rede Socioassistencial (CGARS), Daniella Cristina Jinkings Santana.