carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

20 de setembro de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE PARCEIROS SEMED

Representantes do MP-RO visitam Ji-Paraná para saber sobre a Busca Ativa Escolar

A estratégia visa acompanhar estudantes fora da escola ou em risco de evasão

A Superintendência de Gestão Escolar da Secretaria Municipal de Educação (Semed) recebeu, na segunda-feira (19), a visita de representantes do Grupo de Atuação Especial (GAEINF) do Ministério Público de Rondônia (MP-RO) de Porto Velho. O encontro teve o objetivo de promover a interação sobre o alcance da Plataforma da Busca Ativa Escolar de Ji-Paraná.

De acordo com a superintendente de Gestão Escolar da Semed, Rosineide Marcolino, a especialista em educação Ana Lucia Cortez de Macedo e a socióloga Edna Fernandes Ferreira, do Núcleo de Análises Técnicas do MP-RO, vieram em busca de informações sobre o funcionamento do Busca Ativa no município.

Todas as informações sobre o programa foram repassadas às técnicas pela coordenadora operacional da Semed, Rosangela Martins, que apresentou os números levantados em Ji-Paraná diretamente na plataforma online.

A Busca Ativa Escolar é uma estratégia composta por uma metodologia social e uma ferramenta tecnológica disponibilizadas gratuitamente para estados e municípios. Ela foi desenvolvida pelo Fundo das Nações Unidas Pela Infância (UNICEF), em parceria com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e com apoio do Colegiado Nacional de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e do Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

A intenção da Busca Ativa Escolar, segundo Rosineide Marcolino, é o de apoiar os governos na identificação, registro, controle e acompanhamento de crianças e adolescentes que estão fora da escola ou em risco de evasão.

A superintendente também destacou a importância que o Prefeito Isaú Fonseca e o secretário de Educação, Ivanilson Araújo, têm dado ao funcionamento integral da Busca Ativa Escolar em Ji-Paraná.

“Edna e Ana Lucia [representantes do MP-RO] nos sugeriram que acrescentássemos no Busca Ativa Escolar, como agente comunitário, os agentes de saúde, líderes religiosos e os representantes de associações de bairros, pois os mesmos conhecem, a fundo a realidade das famílias”, afirmou Rosineide.

“Não podemos afirmar que o Busca Ativa Escolar no município esteja perfeito, mas estamos caminhando para melhorarmos a cada dia. Estamos abertos a sugestões e agradecemos imensamente a visita, pois acabar com a evasão escolar é uma missão que não se faz sozinho, mas com a parceria e envolvimento de todos”, admitiu o secretário da Semed, Ivanilson Araújo.