carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

21 de julho de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE PARCEIROS SEMASF

Projeto Mãe Solo foi lançado em parceria com a Unir e o grupo Rodobens

Programa vai inserir mulheres chefes de famílias no mercado de trabalho

 

Foi lançado o Projeto Mãe Solo pela Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf), em parceria com a Universidade de Rondônia (Unir) e com o Grupo Empresarial Rodobens. O evento reuniu cerca de 100 pessoas no auditório da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), subseção de Ji-Paraná, na sexta-feira (15).

O secretário municipal de Administração (Semad), Jônatas França, representando o Prefeito Isaú Fonseca, falou da sensibilidade do gestor em apoiar todos os projetos que visam o fortalecimento das famílias em Ji-Paraná. França destacou que no município existem mais de 1.000 mães solos em condição de vulnerabilidade social.

A secretária da Semasf, Ana Maria Santos Vizeli, reforçou que o projeto é mais uma iniciativa para o fortalecimento de políticas públicas para mulheres em desamparo social. Ela ressaltou que as parcerias com a Unir, Grupo Rodobens e OAB permitem avançar e atender o máximo de mulheres possíveis.

A vice-diretora da Unir, Ana Lúcia Denardin da Rosa, afirmou que os projetos de extensão saem dos muros da universidade para a sociedade. E que a Unir vai fornecer o espaço para capacitação das mães selecionadas e auxiliar as que não têm com quem deixar os filhos.

Com o apoio da equipe pedagógica da Unir, as mães que não podem deixar seus filhos com algum responsável, irão receber o apoio enquanto estão em aula teórica. O espaço reservado com brinquedoteca é também didático e seguro para as crianças.

Segundo o chefe e professor-adjunto do Departamento de Matemática e Estatística da Unir, Nério Aparecido Cardoso, foram selecionadas 35 mães para o curso de qualificação em mecânica pesada com um profissional de São Paulo, cedido pela Rodobens. Para ele, o diferencial do projeto é a inserção das mulheres qualificadas no curso no mercado de trabalho.

“Após as 10 aulas teóricas, com duração de quatro horas cada, as mães serão encaminhadas para as aulas práticas na empresa Rodobens. As que se destacarem, serão contratadas pelo grupo empresarial com oportunidade de serem inseridas em outras unidades do grupo no estado”.

Para a gerente da Rodobens, Paula Mourão, a expectativa de incluir mulheres nessa área em que o público feminino não tem atuação é grande. “Nosso objetivo com as parcerias é sensibilizar os empresários, que muitas vezes não querem contratar mães, para uma abertura no mercado de trabalho.

A gerente da Vigilância Socioassistencial da Semasf, Débora Cristiane Pellenz, afirmou que o projeto é inovador no município de Ji-Paraná e, totalmente, voltado para atender às mães solos em vulnerabilidade social. Ela confirmou ainda que o objetivo é proporcionar novas oportunidades às mães para inseri-las no mercado de trabalho, para garantir direito e dignidade para as famílias.