carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

19 de setembro de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMUSA

Prefeitura recruta voluntários para vacinação contra raiva

A campanha será realizada nos dias 8 e 22 de outubro

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), está convocando voluntários interessados em participar da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica, que acontece nos dias 8 (1º distrito) e 22 de outubro (2º distrito). Os interessados devem ter mais de 18 anos e precisam entrar em contato pelo e-mail ccz.jipa@gmail.com ou pelo Whatsapp (69) 99262-8359 para completar a inscrição.

Nos dois dias, a ação acontece das 8h às 17h, em pontos montados em escolas, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e comunidades religiosas. Vacinadores e anotadores receberão certificado de participação, com 9 horas de carga horária. A Semusa também vai oferecer suporte com a alimentação dos voluntários nos dias da campanha.

Instituições de ensino que ofereçam cursos técnicos ou graduação nas áreas agrárias, como medicina veterinária e técnico em agropecuária, podem incentivar a inscrição dos alunos. Profissionais que atuam nestas áreas também poderão se voluntariar para atuarem como vacinadores. Os demais interessados, que não possuem formação agrária, conseguem se cadastrar para exercer a função de anotador.

Segundo a UVZ, Ji-Paraná conta com uma grande população de animais domésticos e, por conta da alta demanda, existe a necessidade da convocação de voluntários para atuar na Campanha de Vacinação Antirrábica.

“No último ano, foram mais de 16 mil cães e gatos vacinados em apenas dois sábados, além de 6 mil animais na zona rural. Em Ji-Paraná, estamos há cerca de 20 anos sem notificações da raiva em humanos. Para que não voltemos a ter casos da doença, a vacinação dos animais é tão importante e necessária”, destacou Vanda Aparecida Basso, diretora da UVZ da Semusa.

A vacinação antirrábica é destinada para cães e gatos com idade a partir dos quatro meses para a primeira dose e, posteriormente, os animais devem receber o reforço do imunizante anualmente. Os cachorros devem ser levados com coleiras e/ou guias e os gatos em caixas de transporte, sacos ou fronhas.

Fotos: Ilustração/Internet