carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

20 de julho de 2023

AMT CCS - COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMED

Prefeitura de Ji-Paraná inicia vistoria em ônibus escolares

No total, 73 veículos foram inspecionados pela AMT

Com ações voltadas para a segurança e conforto de alunos, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Autarquia Municipal de Trânsito e Transportes (AMT), iniciou, nesta terça-feira (18), a vistoria dos ônibus usados no transporte de estudantes das redes municipal e estadual de ensino. Compõem a frota que atende ao município, veículos próprios e terceirizados.

O trabalho de inspeção faz parte do cronograma para o retorno às aulas. Agentes da AMT, juntamente com servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran-RO), vistoriaram 20 veículos do município. Conforme o cronograma, no período de 24 a 28 de julho, a inspeção será nos ônibus da empresa Rondomaq.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semed), são disponibilizados 53 ônibus para atender a 54 linhas rurais. São transportados 1.195 alunos da rede municipal e 926 da estadual, que totalizam 2.118 beneficiados. Gerenciado pelo município, o transporte é realizado em parceria com o estado.

A inspeção semestral dos ônibus do transporte escolar é determinada pelo Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Ela estabelece a vistoria dos equipamentos obrigatórios e de segurança. O CTB também determina que o veículo deve ter registro no Detran.

O presidente da AMT, Oribe Júnior, lembrou que durante a inspeção são verificadas as condições de itens de segurança como cintos, poltronas, extintores, pneus, sinalização, tacógrafos, dentre outros itens obrigatórios exigidos no CTB.

Segundo ele, os veículos da frota terceirizada também são avaliados, tendo em vista que a empresa licitada precisa garantir veículos extras para a substituição. Caso algum venha a apresentar defeito, há garantia da manutenção do transporte na área rural.

“De acordo com a legislação, a inspeção para verificar os equipamentos obrigatórios e de segurança, para a condução coletiva de escolares, deve ser realizada semestralmente, para garantir aos estudantes de nossa cidade um transporte seguro”, lembrou.

Texto: Chico Limeira
Fotos: Acervo Semed