carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

18 de julho de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE PARCEIROS

Prefeito anuncia recuperação em 45 dias de ruas cortadas pelo esgotamento sanitário

A obra contempla mais de 400 km de rede de esgoto e prevê a desativação de 41 mil fossas

 

Na reunião com mais de duas horas de duração com empresários e diretores da Associação Comercial e Industrial de Ji-Paraná (Acijip) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), o Prefeito Isaú Fonseca sanou todas as dúvidas da classe empresarial, referentes as valas abertas pela empresa que venceu o certame licitatório da obra de esgotamento sanitário.

Isaú Fonseca anunciou ainda que no prazo de 45 dias todas as ruas serão recuperadas, evitando assim transtornos e prejuízos ao setor comercial e residencial.  “Foi uma reunião bastante produtiva com os empresários de nossa cidade. É louvável a preocupação da Acijip e CDL com a maior obra de saneamento do Norte do Brasil. Já estamos com várias equipes trabalhando e, em um curto espaço de tempo, teremos os problemas diluídos para alegria da nossa população”.

As obras tratam do Termo de Cooperação (TC), assinado em abril, entre o Governo de Rondônia e a Prefeitura Municipal. Ele visa a parceria para a construção das estações de tratamentos e efluentes (ETE) e bombeamento. O custo da obra é estimado em R$ 186 milhões e terá mais de 400 quilômetros de tubulação da rede de esgotamento sanitário. Ela vai beneficiar cerca de 80% da população de Ji-Paraná.

O secretário estadual de Obras e Serviços Públicos (Seosp), Erasmo Meireles e Sá, frisou que os transtornos são passageiros e que haverá um incremento de pessoal, material e equipamentos para finalizar os trabalhos o mais rápido possível. “É uma obra grandiosa e que vai deixar Ji-Paraná com mais qualidade de vida”, lembrou.

No TC, o governo de Rondônia, por intermédio do Departamento de Estradas e Rodagem e Transporte (DER), fica responsável pelo fornecimento de insumos e a prefeitura pela mão de obra. A Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados de Ji-Paraná (Agerji) e a supervisão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) serão responsáveis pela fiscalização dos trabalhos.

Segundo o presidente da Acijip, Hugo Araújo, a reunião foi produtiva. Ele explicou que a Acijip e a CDL eram muito cobradas, devido às obras estarem causando contratempos. Araújo ressaltou que as dúvidas foram esclarecidas e outros pontos foram levantados para reforçar o apoio dos empresários à gestão, e agradeceu a presença do Prefeito e do secretário estadual.

Para o presidente da CDL, Osmar Farinácio, a reunião foi convocada para esclarecer algumas dúvidas e diminuir a preocupação dos lojistas, em função de as obras se aproximarem dos comércios de ruas e avenidas do 2° distrito.

“O Prefeito nos tranquilizou e falou que assim que forem abertas as valas, a prefeitura vem seguindo atrás, tampando para que os comerciantes não percam vendas e suas mercadorias. Foi uma ótima reunião e agradecemos muito a presença do prefeito”.