carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

7 de janeiro de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMUSA

Pit-stop da Campanha Janeiro Roxo acontece na segunda

Semusa desenvolveu programação durante todo o mês

Nesta segunda-feira (10), a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) realizará um pit-stop educativo da Campanha Janeiro Roxo, o mês de prevenção e combate à hanseníase. A ação acontece a partir das 8h30, no cruzamento entre a avenida Marechal Rondon e a Rua dos Mineiros, em frente ao Supermercado Irmãos Gonçalves.

A programação do Janeiro Roxo é desenvolvida em uma parceria entre o Departamento de Serviços Especializados (DSE), o Centro Especializado em Patologias Tropicais Padre Adolfo Rohl, o Departamento de Atenção Básica (DAB) e as divisões de Estratégia de Saúde da Família (ESF), Vigilância Epidemiológica e Programas Estratégicos.

O mês integra o calendário de ações do Ministério da Saúde, enfatizando o enfrentamento e o tratamento da hanseníase. A doença tem cura, porém o diagnóstico deve ser realizado precocemente para evitar complicações e sequelas.

A hanseníase causa manchas esbranquiçadas ou avermelhadas na pele. A pele também pode ter alteração ou perda da sensibilidade. A pessoa com a doença pode sentir dores nas pernas e braços, se queimar e não sentir, ter dificuldades para segurar objetos, além da diminuição da força muscular.

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Semusa, oferece o tratamento gratuito contra a hanseníase. Em caso de suspeitas da doença, o morador deve procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) de referência e, após a avaliação médica, poderá ser encaminhado ao Centro Adolfo Rohl, para realizar o teste.

Em casos de diagnósticos clínicos e laboratoriais positivos, o paciente receberá o tratamento com médico especializado, fisioterapeuta e atendimento de enfermagem, todos fornecidos pelo SUS, além do tratamento com as medicações apropriadas para a hanseníase.

O tratamento é iniciado imediatamente, com o paciente deixando a unidade já com a medicação em mãos. Lembrando que deverá seguir o tratamento à risca, com duração de seis meses há 1 ano, sempre respeitando a conduta médica.

O Centro Especializado Padre Adolfo Rohl fica localizado no centro de Ji-Paraná, na rua Presidente Vargas, ao lado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), e funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h.

 —

Matéria: Marco Bernardi
Foto: Arquivo Ascom