carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

2 de setembro de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMAGRI SEMES SEMICTUR

Ji-Paraná vai sediar 3ª edição do Festival do Tambaqui da Amazônia

Evento acontece neste domingo e retirada pelo sistema drive-thru

O município de Ji-Paraná vai sediar mais uma edição do Festival do Tambaqui da Amazônia. O evento será realizado no domingo (4), no Ginásio Poliesportivo Gerivaldo José de Souza (Gerivaldão). A banda do peixe assado terá o custo de R$ 20,00 e será retirada pelo sistema drive-thru, das 11h às 13h30.

De acordo com o gerente do escritório da Emater em Ji-Paraná, Gabriel Cordeiro Cavalcanti da Silva, a pré-venda está sendo realizada em vários pontos comerciais do município. Segundo ele, a previsão é que sejam comercializadas 1000 unidades do pescado. A mesma quantidade das edições anteriores.

Gabriel Silva informou que a renda do festival será revertida para a Associação Ji-Paranaense de Apoio e Desenvolvimento da Arte Capoeira Abadá, Associação dos Amigos da Orquestra, Grilo Falante Centro Educacional e à Santa Casa de Misericórdia de Ji-Paraná.

O Festival do Tambaqui da Amazônia é realizado para reunir entidades representativas do setor produtivo da piscicultura rondoniense e alavancar o pescado nativo em cativeiro do estado para o exterior. Em 2022, o evento, pela primeira vez, terá uma sede simultânea na cidade de Nova Iorque (EUA). Ele também acontece em todos os estados da Amazônia Legal.

“É com muita satisfação que Ji-Paraná recebe, mais uma vez, uma edição do Festival do Tambaqui da Amazônia. A prefeitura está oferecendo todas as condições para que o evento seja realizado não só para divulgar o pescado, mas também para apoio a nossas entidades assistenciais”, afirmou o Prefeito Isaú Fonseca.

As vendas das bandas de tambaqui começaram a ser comercializadas no dia 10 de agosto, cada ticket custa R$ 20,00 e pode ser adquirido presencialmente nos dois escritórios da Emater em Ji-Paraná. O peixe também será servido em Porto Velho, Candeias do Jamari, Ariquemes, Machadinho do Oeste, Cujubim, Jaru, Ouro Preto do Oeste, Cacoal, Pimenta Bueno e Vilhena.