carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

9 de novembro de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMUSA

Ji-Paraná recebe visitas da equipe de validação do Ministério da Saúde

Técnicos estiveram em unidades da Semusa, nesta segunda e terça-feira

O município de Ji-Paraná recebeu, nesta segunda e terça-feira, 7 e 8 de novembro, a visita de técnicos da equipe de validação do Ministério da Saúde (MS). Os profissionais do governo federal estiveram nas unidades de atendimento da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), da Prefeitura de Ji-Paraná, que recebem pacientes com infecções sexualmente transmissíveis (ISTs).

A visita teve a intenção de validar o Selo de Boas Práticas de Sífilis e a certificação da eliminação da transmissão vertical do HIV, que é a quando o vírus é transmitido da mãe para o feto, na gestação, parto ou durante a amamentação.

A certificação é um projeto desenvolvido pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), junto ao Ministério da Saúde, para reconhecer os municípios com mais de 100 mil habitantes, que se enquadram em critérios para receber o selo.

“Entre os critérios analisados pela equipe do MS, estão quantas consultadas pré-natal o município realizou, acompanhamento durante o parto e nos primeiros 18 meses de vida da criança, acompanhamento de pessoas portadoras de HIV, entre outros fatores”, afirmou a secretária da Semusa, Wanessa de Oliveira e Silva.

Na segunda-feira, as equipes participaram de uma reunião técnico-política, realizada no auditório da Semusa. No encontro, foi apresentado o modelo do projeto de certificação e foram debatidos os trabalhos desenvolvidos no município.

Na terça, os profissionais do Ministério da Saúde visitaram a Divisão de Vigilância Epidemiológica, o Serviço de Assistência Especializada em Infecções Sexualmente Transmissíveis (SAE-IST), a Maternidade Municipal, o Centro de Referência de Atenção Materno Infantil (Creami) e as unidades básicas de saúde 2 de Abril e Nova Brasília.

As visitas foram realizadas para entrevistar os profissionais de saúde que prestam assistência às mulheres portadoras de HIV e ao serviço de Vigilância Epidemiológica do município. Nelas, os técnicos certificaram se as informações que os serviços inserem nos sistemas de informações do Ministério da Saúde estão em conformidade com a realidade local.

“A certificação vem para reconhecer o trabalho e empenho do município de Ji-Paraná, por meio das equipes que atuam na Estratégia de Saúde da Família [ESF], Maternidade, Creami e SAE, quanto à importância no manejo e abordagem das ISTs. Essas unidades devem acolher e proporcionar orientação e prevenção à saúde, garantido diagnóstico e tratamento das ISTs”, detalhou Ivo da Silva, secretário-adjunto da Semusa.

FOTOS: André Negrete