carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

30 de junho de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMURFH

Demarcações no Setor Chacareiro estão sendo feitas pela Semurfh

Secretário acompanha produção de marcos de concreto

 

Continuando com as atividades de regularização do Setor Chacareiro, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da equipe da Secretaria de Regularização Fundiária (Semurfh), está realizando a demarcação para georreferenciar o local, onde residem centenas de famílias que lutam há mais de 20 anos pelo título definitivo.

O secretário municipal de Regularização Fundiária, José Luís Vargas, tem acompanhado a produção de três mil marcos de concreto. Eles estão sendo feitos, nesta semana, pela equipe da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp).

“Estes marcos são utilizados nas delimitações das áreas, visando definir a forma, dimensão e localização, por meio topográfico, para que as coordenadas geográficas de cada imóvel se tornem conhecidas no sistema de referência”, explicou.

Após a demarcação no Setor Chacareiro, os trabalhos seguem na Chácara Garcia (1° distrito), Quadra 26, do bairro Jardim Aurélio Bernardi, Quadras 38 C, D e E, do bairro Urupá, área pública, denominada A e B, confrontante da rua 31 de Março; quadra 38 e 40 do bairro Jardim dos Migrantes; e quadra 1058 do bairro Jardim Presidencial.

As atividades para regularizar as áreas são realizadas por arquitetos, cadistas, fiscais e auxiliares de topografia da Semurfh. “Finalizando esse trabalho, iniciará a parte técnica e documental. As medidas têm a finalidade de regularizar esses locais, garantindo o direito social à moradia”, comentou José Luís.

As atividades relacionadas à regularização fundiária serão realizadas até o dia 30 de julho. Neste período, não está incluso o encerramento dos serviços de execução do loteamento do Setor Chacareiro do Anel Viário e Chácara Garcia, por serem de mais complexidade.

“A nossa equipe está em fase de conclusão dos trabalhos no loteamento Novo Urupá e, também, trabalha para regularizar outros setores como, por exemplo, Geraldo Alvim e União II”, concluiu o secretário.