carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

9 de abril de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMUSA

CEM realiza mais de 800 consultas médicas no mês de março

A partir de sexta (8), a unidade contará com otorrinolaringologista

Mais de 800 consultas médicas foram realizadas, no mês de março, no Centro de Especialidades Médicas (CEM) da Prefeitura de Ji-Paraná. A partir de sexta-feira (8), o médico otorrinolaringologista, Dr. Lucas Zarro, passa a atender os pacientes no CEM e também no Centro Especializado em Reabilitação (CER-III).

Conforme o balanço divulgado pela unidade, no total, foram realizadas 884 consultas, entre atendimentos pediátricos e especializados, como hematologia, gastroenterologia, cardiologia, urologia, ortopedia e neurologia.

“A população de Ji-Paraná, que precisava de um atendimento especializado, busca outro município. Agora, temos condições de receber esses pacientes em nossas unidades.  A Saúde é a nossa prioridade e estamos fazendo isso, reforçando o corpo técnico da Semusa, contratando profissionais de qualidade”, celebrou o Prefeito de Ji-Paraná, Isaú Fonseca.

O CEM também conta com atendimento de enfermagem, teste de glicemia capilar, eletrocardiograma, orientações e informações de autocuidado, além do serviço de triagem, em que são realizadas medições de peso e altura dos pacientes, aferição da pressão arterial e outros procedimentos especializados.

“Todos os meses também contamos com ações informativas, com a realização de palestras e rodas de conversa, abordando temas importantes para a saúde e o bem-estar da população, como violência familiar, combate à obesidade e a importância da vacinação”, destacou Élida Goedert de Moura, diretora do CEM.

Em fevereiro, os servidores do CEM passaram por um curso de qualificação profissional sobre segurança e ética no compartilhamento de dados pessoais da saúde, ministrado por técnicos da Universidade Federal de Goiás (UFG), por meio do programa UNA-SUS, do Ministério da Saúde.

Os atendimentos no CEM são realizados de acordo com encaminhamentos enviados via Sistema de Regulação (Sisreg) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). Os pacientes devem passar, primeiramente, por uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para receber o encaminhamento à consulta especializada.

“Os pacientes devem procurar uma UBS do município, onde o clínico geral irá avaliar o caso e realizar o encaminhamento, conforme o critério e necessidade de cada paciente. Posteriormente, a pessoa entrega o pedido na própria UBS, para que seja inserido no Sisreg. Quando for agendado a consulta, a UBS entra em contato informando data, hora e local”, explicou o diretor do Departamento de Média e Alta Complexidade (DMAC), Relrisson de Souza Soares.