carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

4 de janeiro de 2023

CCS - COORDENADORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE SEMUSA

CEM ofertou mais de 8 mil consultas com profissionais especialistas

A unidade divulgou o balanço de atendimentos realizados em 2022

 

Mais de 8 mil consultas foram realizadas no Centro de Especialidades Médicas (CEM) em 2022. O balanço de atendimentos foi divulgado, nesta semana, pela Prefeitura de Ji-Paraná, por meio do Departamento de Média e Alta Complexidade (DMAC) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). A unidade conta, atualmente, com nove especialidades.

Durante o último ano, o CEM passou a contar também com pneumologista e otorrinolaringologista. A unidade presta atendimentos especializados nas áreas de pediatria, hematologia, cardiologia, urologia, ortopedia, neurologia e psicologia.

O centro ainda realizou atendimento de enfermagem, teste de glicemia capilar, eletrocardiograma, orientações e informações de autocuidado, além do serviço de triagem, em que são feitas medições de peso e altura dos pacientes, aferição da pressão arterial e outros procedimentos especializados.

Os atendimentos no CEM são efetuados de acordo com encaminhamentos do Sistema de Regulação (Sisreg) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). Os pacientes devem passar, primeiramente, por uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para receber o encaminhamento à consulta especializada.

“Tivemos um ano de grandes avanços no atendimento especializado. O CEM está, a cada dia, se tornando referência. Hoje, Ji-Paraná tem condições de atender a esses pacientes, sem que eles busquem as consultas em outros municípios. Também estamos reforçando nosso corpo técnico, sempre contratando profissionais de qualidade”, afirmou o gerente-geral do DMAC da Semusa, Relrisson de Souza Soares.

Além do CEM, o DMAC é o departamento responsável por gerir o Hospital Municipal Dr. Claudionor Couto Roriz, a Unidade de Pronto Atendimento Anna Beatriz Oliveira da Silva (UPA do 2º Distrito), Centro Especializado em Reabilitação (CER-III), Centro de Atenção Psicossocial Raio de Luz (CAPS II) e as demais unidades de atendimento especializado.

FOTOS: Acervo CCS