carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

24 de outubro de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE PARCEIROS SEMUSA

Campanha no 2º distrito imuniza 10 mil animais contra a raiva

Segunda etapa da ação foi realizada no sábado, 22 de outubro

 

A segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação Antirrábica foi realizada no sábado (22), no 2º distrito. Durante a ação, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Unidade de Vigilância de Zoonoses (UVZ) da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), imunizou mais de 10 mil cães e gatos.

No total, foram 10.025 animais domésticos vacinados em 21 pontos distribuídos em escolas, Unidades Básicas de Saúde (UBS), empresas parceiras e em comunidades religiosas do 2º distrito de Ji-Paraná. A ação foi realizada no período das 8h às 17h.

Para promover a campanha, a UVZ contou com o apoio de cerca de 200 voluntários, sendo 100 em cada sábado, que se inscreveram para atuar como vacinadores ou anotadores. Os participantes receberão certificado com 9 horas de carga horária. A Semusa também ofereceu suporte para a alimentação nos dias da campanha.

“Como a demanda de vacinação é grande, convocamos os voluntários e tivemos uma grande adesão. Quero agradecer a todos que participaram, em especial, às universidades que incentivaram seus alunos a colaborar com a campanha”, reconheceu Vanda Aparecida Basso, diretora da UVZ da Semusa.

Somados os dois sábados, 17.736 cães e gatos receberam a vacina contra a raiva, doença classificada pelo Ministério da Saúde como uma zoonose de alto risco, por ser transmissível aos seres humanos e que não ter cura. A única maneira para prevenção da doença, em animais e humanos, é a vacinação de cães e gatos.

“A raiva é uma doença, causada por um vírus, que infecta animais domésticos e selvagens, e se transmite às pessoas pelo contato com a saliva infectada, por mordidas ou arranhões. Os cães são os principais transmissores da raiva às pessoas no mundo. Em humanos, a doença chega a ser fatal em quase 100% dos casos”, alertou Thalia Domingos de Pinho, médica veterinária da UVZ.

Foto: André Negrete