carregando...

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

8 de agosto de 2022

CCS - COORDENADORIA DE COMIUNICAÇÃO SOCIAL GABINETE PARCEIROS SEMUSA

Campanha contra pólio e de multivacinação começa nesta segunda

Crianças e adolescentes devem atualizar a caderneta das vacinas

Começou, nesta segunda-feira (8), a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação. A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), convoca todas as crianças e adolescentes para a atualização da caderneta vacinal.

Com a campanha, a Divisão de Imunização da Semusa pretende atualizar a situação vacinal de todas as crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade (até 14 anos, 11 meses e 29 dias), conforme a nota do Ministério da Saúde.

Especificamente para a campanha contra a pólio, o público-alvo é formado por crianças de 1 ano a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias). Os menores de 1 ano devem ser imunizados conforme a situação vacinal de cada um.

“Todas as crianças, entre 1 e 5 anos, deverão receber a vacina indiscriminadamente, ou seja, independente da situação vacinal. Por isso, pedimos para que os pais e responsáveis levem seus filhos às salas de vacina, evitando que casos de poliomielite voltem a ser registrados em nosso município”, alertou Cristiane Della Libera, diretora da Divisão de Imunização da Semusa.

As vacinas contra a poliomielite e todos os imunizantes de rotina estão disponíveis nas unidades básicas de saúde (UBSs), de segunda a quinta-feira, das 8h às 11h e das 14h às 17h, e às sextas, das 8h às 13h. O Dia D da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação acontece no dia 20 de agosto, em todas as UBSs do município.

No Distrito de Nova Londrina, os atendimentos acontecem às segundas e terças-feiras. Já em Nova Colina a vacinação das crianças será realizada nas terças. Nos dois distritos rurais, o horário de funcionamento é das 8h às 12h.

O último caso de pólio no Brasil foi registrado em 1989. Porém, após mais de três décadas, a população, especialmente após o período da pandemia de Covid-19, diminuiu a procura pelo imunizante contra a doença, o que ligou o alerta do Ministério da Saúde e das secretarias municipais em todo o país.

A Poliomielite (paralisia infantil) é uma doença contagiosa aguda causada por vírus que pode infectar crianças e adultos e em casos graves pode acarretar paralisia nos membros inferiores. A vacinação é a única forma de prevenção contra a doença e todas as crianças menores de 5 anos devem ser imunizadas.