FALE COM A PREFEITURA  | Ji-Paraná (RO) 22/11/2017

Prefeitura de Ji-Paraná

Alunos das escolas municipais passam por avaliação nutricional

Avaliação foi feita por amostragem em 16 escolas da área urbana e rural do Município 

_______________________________________________________________________________

 

Mais de 70% dos alunos das escolas municipais de Ji-Paraná foram classificados como eutróficos, ou seja, segundo os termos médicos, “bem nutridos”, na Avaliação Nutricional dos Escolares da Rede Municipal de Ensino realizado no ano de 2016 por nutricionistas da Secretaria Municipal de Educação (SEMED). Os dados constam do relatório da Avaliação feita por amostragem em 16 escolas da área urbana e rural do Município concluído esta semana.

O diagnóstico e acompanhamento do estado nutricional dos estudantes da Rede Municipal de Ensino faz parte das exigências do Programa de Alimentação Escolar (PNAE) do Governo Federal e deve ser feito pela equipe de nutricionistas da entidade executora do programa, no caso, a Administração Municipal.

Ao todo foram avaliados 3.321 alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio (Escola Família Agrícola – EFA) e Educação de Jovens e Adultos - EJA de 16 escolas urbanas e rurais. O parâmetro escolhido para o diagnóstico nutricional foi através do cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Os professores de educação física do Município auxiliaram as nutricionistas na realização das avaliações.

 

Os resultados

Do total dos alunos avaliados, 70,49% foram classificados como eutróficos; 2,53% foram classificados entre magreza acentuada e magreza grau I; e 24,33% foram classificados na faixa acima da categoria risco de sobrepeso, que seria entre sobrepeso e obesidade grau III. Os dados foram analisados ainda separando os alunos por gênero feminino e masculino, observando uma certa similaridade entre os dois, com uma ligeira alta no parâmetro risco de sobrepeso no gênero feminino (16,79% contra os 13,91% do gênero masculino).

“A Avaliação mostra realidade do estado nutricional dos alunos e a partir daí podemos fazer intervenções. Por exemplo, com relação aos alunos que estão na categoria sobrepeso e acima, fazemos orientações às escolas quanto a atenção especial a estes alunos para a não necessidade de repetir a merenda. Quando se programa uma refeição escolar já calcula-se uma quantidade de alimentos que supra a necessidade daquele momento. Orientamos os servidores responsáveis pela produção da merenda para não utilizar de forma excessiva o óleo e o açúcar, ricos em lipídios e carboidrato. Também foram realizadas palestras/oficinas alertando ao consumo dos produtos industrializados fora do ambiente escolar”, explicou Luiza Siena, nutricionista responsável técnica do PNAE.

Sobre a Avaliação Nutricional, a secretária de Educação, Leiva Custódio Pereira destacou os esforços da administração para a realização, entre elas a aquisição dos equipamentos necessários, como as balanças antropométricas, e a contratação efetiva de nutricionistas.

“Em 2014 é que conseguimos realizar a primeira avaliação nutricional dos alunos da Rede Municipal. Houve por parte da Administração Municipal, na pessoa do prefeito Jesualdo Pires, um empenho muito grande para isso, desde a aquisição das balanças e outros equipamentos e a contratação de nutricionistas para fazer esse acompanhamento. Teve também a contratação de mais professores de educação física porque eles ajudam a identificar esses problemas de sobrepeso e desnutrição dentro da escola. Estamos querendo melhorar esse serviço para que cem por cento dos nossos alunos sejam avaliados nos próximos anos. Além da identificação dos problemas tem ainda a parte do encaminhamento necessário. Às vezes é preciso encaminhar a criança para um psicólogo, para uma nutricionista. Todas essas orientações das nutricionistas do Município resultam em ações educativas dentro da própria escola, por exemplo, temos escolas que não aceitam a entrada de refrigerante nem em dia de festa. Isso cria no educando uma cultura de hábitos alimentares saudáveis”, resumiu Leiva.

 

27/04/2017

Fonte: ASCOM

Prefeitura Municipal de Ji-Paraná

Av 2 de Abril, 1701 - Urupá - Telefones: (69) 3416-4000 / 3411-4211
Ji-Paraná - Rondônia

Conteúdo: DECOM Departamento de Comunicação Municipal